Categories Gastronomia

Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda

Posted on
Casa do Porco, do chef Jefferson Rueda

Já tem um tempo que penso em escrever sobre a Casa do Porco, restaurante de Jefferson Rueda que abriu há pouco mais de um ano aqui no centro de São Paulo. Gosto da simplicidade do nome, que traduz perfeitamente a proposta da casa: servir bons pratos e petiscos a base de porco. E como são bons!

Mas antes de se jogar nos pratos, a espera. Ela é inevitável, especialmente aos finais de semana. Mas tudo bem: do lado de fora você já pode (e deve!) degustar um saquinho da deliciosa Porco Poca, “pipoca” de pele de porco desidratada e frita. Não é das coisas mais saudáveis do menu, eu sei, mas garanto que dá energia suficiente pra aguentar qualquer espera!

Quando conseguir a mesa, não corra para o prato principal, não. Há algumas entradas que são parte essencial da experiência gastronômica da casa. Não saia sem provar o  Sushi de Papada de Porco e Tucupi Preto, Torresmo de Pancetta + Goiabada e o Canapé de Virado à Paulista. Mas mostrar é melhor do que falar né? Aí vão eles, na ordem:

Casa do Porco Sushi de Papada

Casa do Porco torresmo com goiabada

Casa do Porco Canape de Virado Paulista

Depois de forrar o estômago com essas entradinhas (que, como podem ver, são pequeninas), é hora da estrela da casa: o Porco San Zé. É um dos melhores que já comi! Mistura carne macia com partes deliciosamente tostadinhas e acompanha tutu de feijão, farofa de cebola, couve crua e tartar de banana (amo!). Custa R$ 44, um ótimo custo-benefício, e se você tiver com orçamento apertado vale ir só por ele.

Casa do Porco San Ze

Achou que tinha acabado? Não, não. A sobremesa é outra experiência que vale a pena neste templo maravilhoso das gorduras e calorias. Hahaha! Minha favorita foi a porção de bolinhos de chuva com sorvete, eram levíssimos e bons demais!! Já minha amiga Bianca, companheira de aventuras gastronômicas, amou o pudim de leite com algodão doce. Olha os registros!

Bolinho de chuva da Casa do Porco

Pudim da Casa do Porco

Casa do Porco sobremesa

Por fim, vale ressaltar o ambiente, um salão amplo com iluminação natural, cozinha aparente e uma pegada meio açougue-hipster. Hahaha! Eu gostei muito, e achei que combinou bastante com a proposta simples porém criativa do cardápio temático.

Cozinha da Casa do Porco

Ambiente da Casa do Porco

Casa do Porco placa porco bravo

Parede na Casa do Porco

Casa do Porco ambiente mercado

Bom, acho que é isso! Gostei demais e acho que a Casa do Porco é mais um belíssimo exemplo da riqueza gastronômica de São Paulo. Espero escrever mais sobre restaurantes gostosos dessa cidade (merece, né?) e conto com vocês pra sugestões, comentários, críticas e conselhos – tipo, como viver em SP e não engordar! Hahaha! Ah, e todas as fotos desse post são do meu incrível braço-direito (e amorzinho) Paulo del Valle.

Serviço – Casa do Porco

Onde fica: Rua Araújo, 124, Centro, São Paulo
Horário de funcionamento: de segunda a sábado das 12h às 20h; domingo das 12h às 17h
Telefone: (11) 3258-2578
Facebookfacebook.com/acasadoporcobar

Facebook Comments

Author: Raíra Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista, roteirista, escritora, filósofa de boteco e sim, bem tagarela. Foi repórter do Guia Quatro Rodas e tem matérias publicadas nas revistas Viagem e Turismo, Host & Travel e Viaje Mais, entre outras.



3 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *