Categories Viagem

O melhor de Los Angeles – de Beverly Hills a Venice Beach!

Posted on
O melhor de Los Angeles – de Beverly Hills a Venice Beach!

Existem muitas cidades dentro de Los Angeles. Literalmente! Santa Mônica, Beverly Hills, Malibu, West Hollywood… O que muita gente acha que são bairros, são na verdade cidades dentro do condado de Los Angeles. Mais do que isso: são verdadeiros universos, que representam a versatilidade de LA, que e é ao mesmo tempo meca de socialites, paraíso de skatistas e berço de grandes artistas do cinema. Isso sem falar nos parques da Disney e da Universal, no cenário mundialmente famoso de arte contemporânea e no pier turístico mais conhecido do mundo. Tem pra todos!

A primeira característica que me chamou atenção em LA, e que você com certeza vai ouvir por aí, é de que ela é uma cidade “muito espalhada”. Isso quer dizer: os pontos de interesse mais legais ficam bem distantes um do outro, motivo pelo qual você provavelmente vai querer alugar um carro. O sistema de transporte público não é lá essas coisas por ali e alugar um carro pode ser mesmo a melhor solução. Mas ainda mais importante que isso é organizar o seu roteiro sempre com o mapa em mente, conhecendo as atrações mais próximas (ou menos distantes) e otimizando o tempo de deslocamento. Até porque a segunda coisa que você mais vai ouvir é “o trânsito essa cidade é uma loucura!”. Aqui vai minha sugestão pra dias bem proveitosos na Cidade dos Anjos:

Beverly Hills + LACMA + Griffith Observatory + Hollywood

Esse é o meu dia Los Angeles GLAM! Junte ao dia de Malibu e você terá um final de semana bem Mulheres Ricas. Hahaha! Brincadeiras à parte, vale muito a pena conhecer alguns dos lugares que são marca registrada da cidade, e dos quais a gente tanto ouve falar em filmes e seriados. De quebra, eles ficam todos razoavelmente perto um do outro, então seu tempo de deslocamento será mínimo.

Rodeo drive em Beverly Hills, Los AngelesBeverly Hills você já deve saber que é o bairro das mansões e das grifes mais famosas, muitas delas concentradas na rua Rodeo Drive. Estou falando de marcas como Louis Vuitton, Chanel, Hermès e Cartier. Chique, bem! Se você não for uma socialite, vale o passeio só pra espiar as vitrines, ver os carrões circulando e terminar a manhã em um café ou sorveteria gostoso por ali. A Creamistry faz sorvete com nitrogênio líquido (sempre divertido de ver) e é uma delícia! Se você não tiver vergonha de ser turistão, aproveita e dá uma passadinha no Beverly Gardens Park pra tirar uma foto com o letreiro famoso de Beverly Hills.

A 15 minutos de carro dali fica o LACMA, museu de arte muito famoso pela obra Urban Light, aqueles postes brancos que aparecem nas fotos mais legais de LA. Ou seja, vale até pra quem não tem intenção de entrar no museu, só passear pelos arredores e curtir essa e outras instalações que você encontra em meio aos nove pavilhões que compõem o museu. Sim, nove! Trata-se do maior museu da costa oeste dos Estados Unidos. Se você gosta de arte, vai passar a tarde toda ali!

Depois do LACMA, minha sugestão é dirigir por Hollywood Hills, fotografar os points com a melhor vista do letreiro (coloque 3000 Canyon Lake Drive no GPS pra ir pra uma rua com muitos mirantes) e chegar a tempo do por do sol no Griffith Observatory. É uma das atrações turísticas mais legais da cidade, um observatório de arquitetura linda que também tem vista pro letreiro and pro skyline de Los Angeles! Ele tem um planetário superfamoso e fica dentro do Griffith Park, que é gostoso pra caminhadas ou pra andar de bike. Se você tiver naquela pressinha, é possível estacionar bem ao lado do observatório.

Griffith Observatory em Los AngelesSe for sua primeira vez em Los Angeles, encerre o dia no Hollywood Blvd pra conhecer a calçada da fama, caçar as estrelas de seus artistas favoritos, se divertir com os artistas de rua fantasiados de super heróis e ver de perto os cinemas e teatros mais famosos de Los Angeles. Tem alguns restaurantes turísticos por lá, como o Hard Rock Café – que agora tem couve-flor empanada no cardápio e eu recomendo demais! É um passeio turístico bem cafona? É! Mas também é muito divertido, especialmente se for tudo novidade pra você.

Malibu + Getty Villa + El Matador Beach

Seu segundo dia glamour em Los Angeles pre-ci-sa incluir Malibu Beach. Além da praia linda, é sempre muito divertido ver os casarões e imaginar quais celebridades devem morar por aquelas bandas. Lá também fica um dos meus museus favoritos da cidade, o Getty Villa. A arquitetura é incrível: a réplica de uma casa romana do primeiro século abriga lindas colunas, escadarias, jardins e espelhos d’água, além do acervo de 1.200 artefatos históricos. Eu já fui sem reservar o ticket (gratuito), porém eles recomendam a reserva antecipada pelo site e, se você já montou seu roteirinho, é melhor garantir antes né?

Getty Villa, museu em Malibu, CaliforniaDepois de passear pela Villa, o melhor programa ever é almoçar no Malibu Farm, restaurante muito gracinha no Malibu Pier que serve o que eles chamam de farm-to-table (“da fazenda à mesa”), uma comida orgânica feita com frutas e verduras da estação. Não é vegetariano (tem até hamburguer!), mas as opções de saladas e smoothies são de encher os olhos! Eu comi a blt kale ceasar (saladona com pedacinhos de bacon; US$ 14) e um smoothie de açaí  (US$ 9). Amei!

Fachada do Malibu Farm, no píer de Malibu na California

Salada do Malibu Farm, perto de Los AngelesDepois você pode curtir a praia, tirar fotos no pier e partir pra El Matador State Beach, a 20 minutos de carro dali (no sentido oposto a LA). Trata-se de uma das praias mais cênicas da Califórnia, com muitas pedras e até algumas cavernas à beira-mar. Como é de se esperar em uma cidade como Los Angeles, a praia é cenário pra muitos (muitos!) ensaios, tanto de casamento quanto de blogueiros e celebridades. Então prepare-se pra se deparar com algumas equipes de fotografia, especialmente próximo ao horário do pôr do sol. Não é a melhor atmosfera pra curtir uma prainha, eu sei, mas ainda vale a pena pela beleza natural (e pelas fotos que você vai fazer pro seu Instagram, porque né! hahaha).

El Matador State Beach, em Los Angeles

Por do sol em El Matador State Beach, em Los AngelesAnoiteceu? Então é hora de voltar pra LA ou, se preferir, aproveitar que você está por ali e jantar ou tomar drinks num restaurante de frente pro mar! Nós fomos no Moonshadows, com mesas super chamosas de frente pras ondas e uma atmosfera moderninha, que compensa a comida meio ok. Vale pra comer uns aperitivos e curtir a brisa do mar!

Venice Beach + Santa Monica + compras!

Se você está mais interessado na atmosfera surfista e good vibes da Califórnia, vai se apaixonar por Venice Beach. Por isso, eu acho até melhor reservar mais tempo do seu dia, se você puder, pra curtir com calma este que é um calçadões mais incríveis do mundo. Por motivos de: praia linda, casinhas de salva-vidas (hahaha amo), muitos coqueiros, surfistas, pista de skate sensacional, tios de patins dançando música disco, artistas de rua, paredes grafitadas, lojinhas de souvenires, casas de açaí e comidinhas saudáveis, estúdios de yoga… Tá bom pra você? Se eu morasse em LA, provavelmente seria uma Venice girl. E aprenderia a surfar! Sonhar não paga imposto, né? hahaha

Pista de skate de Venice Beach vista do drone

Skatista em Venice Beach, CaliforniaEntre o calçadão e o famoso shopping a céu aberto Abbot Kinney fica uma parte muito inusitada do bairro: o Venice Canal Historic District, um conjunto de cinco canais que circundam algumas casas lindas, bem estilo Veneza. Há pontes arqueadas para pedestres, algumas gôndolas estacionadas e um clima tranquilo, totalmente diferente do calçadão a poucas quadras dali. Vale muito o passeio! Nesse link do Google Maps você consegue ver direitinho onde estão os canais.

Pronto pra voltar pra muvuca? Então corra pro Santa Monica Pier, a apenas 15 minutos de carro dali. Há muitos estacionamentos públicos próximos ao pier, eles são gratuitos nos primeiros 90 minutos e depois cobram baratinho – quando fomos agora em novembro de 2017 era US$ 1,25 a primeira hora adicional. No píer você vai encontrar o icônico parque de diversões com roda-gigante, montanha-russa e outros brinquedos; muitos restaurantes turísticos, como o Bubba Gump Shrimp; lojinhas de souvenires e muitos cantinhos legais pra fotos. É desses passeios turisticões que tem-que-ir! Aproveite pra fazer uma foto a partir da praia também, pegando o skyline do píer, especialmente lindo no pôr do sol. Ainda quero voltar por esse registro!

Parque de diversoes do Santa Monica Pier, em Los AngelesDepois de se divertir no pier, é hora de passear em outro lugar que eu AMO ali, a Third Street Promenade. Trata-se de uma rua peatonal (não passam carros) a cinco minutos do pier repleta de lojas bacanas, restaurantes, barzinhos com música ao vivo… Juro, é demais! Prefiro mil vezes fazer compras aqui do que ir a um shopping fechado, e sinceramente tem todas as lojas que eu mais gosto nos EUA: Urban Outfitters, Apple, H&M, Forever 21, Zara, Sephora, MAC, Lush, Adidas e Nike. Pra mim já tá mais que bão, mas tem ainda um shopping a céu aberto, o Santa Monica Place, com marcas mais caras como Louis Vuitton e Kate Spade.

Há muitos restaurantes por ali e também alguns fast foods, caso você queira economizar depois das compras (hahaha). Nessa categoria, meu favorito é o mexicano Chipotle.

Os parques nos arredores: Disney, Universal e Six Flags

Cabou Los Angeles? Não cabou! Além de ser uma cidade repleta de atrações imperdíveis, LA também abriga alguns dos parques de diversão mais legais dos Estados Unidos! Na primeira vez que fui pra Califórnia eu ainda não conhecia Orlando, a terra dos maiores theme parks, e amei ter a oportunidade de conhecer a Disney e a Universal lá mesmo. São parques menores que os da Flórida, mas ainda assim valem muito a visita. Se você pretende incluí-los na sua viagem, separe um dia pra cada um.

O Universal Studios Hollywood foi o meu favorito, e o que eu indicaria se você só tiver um dia disponível para parques. Além de ter atrações icônicas do parque de Orlando, como o universo de Harry Potter, ele tem um tour pelos estúdios da Universal divertidíssimo, no qual você pode ver cenários de verdade de diversos filmes e seriados. A entrada custa a partir de US$ 105.  universalstudioshollywood.com

Disneyland, parque da Disney perto de Los Angeles, na California

Já a Disney possui dois parques em LA, um de frente pro outro: Disneyland e Disney California Adventure. O primeiro tem atrações clássicas da Disney, como o castelo da Bela Adormecida e a montanha-russa no escuro Space Mountain. Já o segundo parque presta homenagem a algumas atrações da Califórnia, como o Santa Monica Pier e a Route 66. É legal ver esses lugares emblemáticos transformados em rides. Lá também fica uma montanha-russa muito divertida, a California Screamin’, e a fofíssima roda-gigante do Mickey. Vale a pena comprar um passe que dá acesso aos dois no mesmo dia, que custa a partir de US$ 157. disneyland.disney.go.com

Se você prefere adrenalina, então seu parque é o Six Flags Magic Mountain, o único deles que ainda não fui – mas morro de vontade de conhecer! Uma das maiores redes de parques de diversão do mundo, o Six Flags é especializado em montanhas-russas. Essa unidade da Califórnia tem nada menos que 35 montanhas-russas (!!!), 18 delas consideradas super-radicais. Outra vantagem é que o ingresso é o mais barato dentro os parques: a partir de US$ 85 comprando no parque ou US$ 60 comprando antecipado pelo site. www.sixflags.com/magicmountain

**

Pra encerrar esse post gigantesco, preciso falar que ficamos hospedados no SLS Beverly Hills, um hotel que faz parte da Luxury Collection. Apesar de luxuoso, ele é muito mais irreverente do que os outros hotéis da rede – o que faz todo sentido em Los Angeles! O lobby parece a entrada de uma balada, a decoração (by Philippe Starck!) é repleta de móveis e obras contemporâneas e a piscina do rooftop poderia sair direto de um quadro do Dalí! Hahaha! Mas o que mais me encantou ali foi o restaurante The Bazzar, espanhol, que tem mais de 80 tapas no menu e garçons afiadíssimos que se dispõem a escolher os pedidos por você e tornar sua noite inesquecível. Comigo funcionou! Foi o restaurante mais caro da viagem, mas vale pra uma noite especial. Não precisa se hospedar no hotel pra ir mas, se puder, eu recomendo! Aí, prepare o bolso: a diária parte de US$ 500.

Lobby moderno do hote SLS Beverly Hills, em Los Angeles

Piscina do SLS Beverly Hills em Los Angeles, CaliforniaVai pros Estados Unidos? Então veja também nosso post detalhado sobre San Francisco ou a série sobre cidades na Flórida. 🙂

Ps: todas as fotos desse post são do companheiro de viagens e de vida, Paulo del Valle.

Facebook Comments

Author: Raíra Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista, roteirista, escritora, filósofa de boteco e sim, bem tagarela. Foi repórter do Guia Quatro Rodas e tem matérias publicadas nas revistas Viagem e Turismo, Host & Travel e Viaje Mais, entre outras.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *