Viagem

St. Augustine, a cidade histórica da Flórida

Quem nos acompanha no Instagram já sabe muito sobre nossa viagem romântica pela Flórida, idealizada pelos nossos amigos do Visit Florida e com ponto de partida em St. Augustine. A ideia era mostrar que o estado norte-americano tem muito mais a oferecer que Miami e os parques de Orlando, e explorar um pouco o lado menos conhecido por brasileiros: a costa histórica!

O primeiro destino foi o que mais me surpreendeu. St. Augustine é uma cidade muuito lindinha que fica a menos de duas horas de Orlando! Trata-se da primeira cidade dos Estados Unidos que segue ocupada até hoje, fundada em 1565 por Pedro Menéndez de Avilés. Um espanhol, então pode esperar muita influência espanhola por ali…

Arquitetura espanhola no Flagler College em St Augustine, na Florida

Pra chegar até lá, alugamos um carro no aeroporto de Orlando mesmo e compramos um chip da T-Mobile para usar o waze. Pegar um chip de celular vale muito mais a pena que alugar o carro com GPS e ainda permite que você compartilhe sua viagem em tempo real nas redes sociais. Prioridade, né, gente? hahaha

As atrações de St. Augustine

A melhor forma de conhecer a cidade e ter uma visão geral é pelo Old Trolley Bus, que funciona exatamente como aquele ônibus vermelho de cidades turísticas. Você compra o passe que vale por até três dias e pode descer em qualquer uma das 23 paradas de interesse ali pelo centro histórico. Deixamos o carro no estacionamento conveniado com nosso bed & breakfast e curtimos bastante a cidade só pelo trolley!

Quando se tem pouco tempo em uma cidade ou se conhece bem pouco sobre ela, é legal dar uma volta completa com o trolley/red bus pra ter uma visão geral, e depois escolher em quais paradas você vai descer pra explorar com mais tempo. Foi o que fizemos, e escolhemos descer primeiro na St. George Street, uma rua turística repleta de lojinhas e restaurantes. Era hora do almoço, ora pois!

Como St. Augustine foi o berço da colonização nos Estados Unidos, as construções históricas e até a gastronomia têm muita influência europeia, especialmente da Espanha. Lá na St. George Street é possível ver muito disso, com restaurantes como o imponente Columbia, de tapas e outras comidas espanholas.

Mas nosso restaurante favorito, na verdade, era beem americano: trata-se da Pizza Time, uma pizzaria num estilo bem EUA de pizzas em pedaço que foi eleita a segunda melhor do país! Lá funciona também uma gelateria, opção certa pra curtir um sorvetinho delicioso e usá-lo pra fotos bem fofinhas lá pela região turística.

Sorvete na st george street em St Augustine, nos Estados UnidosNo final (ou começo?) da St. George ficam o antigo portão de entrada da cidade e o Castillo de San Marcos, o primeiro forte dos Estados Unidos. Esse passeio tem tudo que se espera de um forte: espessas paredes de pedra, canhões com vista pro mar, alojamentos de armas, objetos históricos e uma sensação muito louca de reviver o passado. Eu, que tenho imaginação de uma criança de oito anos, sempre me divirto! hahaha

Interior do castelo de san marco em st augustine nos Estados UnidosO imperdível tour na Flagler College

Entre tantos passeios históricos, o que mais gostei na verdade foi o tour pela Flagler College, uma universidade que ocupa o edifício histórico mais bonito da cidade (sua foto também abre esse post!). Qualquer pessoa pode visitar o pátio externo da Flagler, mas é só durante o tour que se pode conhecer algumas salas incríveis do prédio, construído em 1888 para abrigar o luxuoso Ponce de León Hotel. O tour custa 10 dólares e é ministrado por alunos da universidade. A frequência depende da época do ano, então cheque antes no site. É curto, mas vale muito a pena! Me senti nas dependências de Hogwarts! 🙂

Em frente à Flagler, do outro lado da King St, fica o Lightner Museum (de móveis e objetos históricos; primeira foto abaixo) e, ao longo do passeio do trolley, muitos outros pontos de interesse. Dentre eles, destaco a Mission Nombre de Dios, a primeira missão dos EUA; o divertido museu de curiosidades Ripley’s Believe it or Not; e a belíssima Magnolia Avenue, eleita uma das ruas mais bonitas dos EUA pela National Geographic. Prepare a câmera! Se for lá no final do dia, aproveite pra jantar no Raintree, que fica próximo à Magnolia e serve um famoso beef wellington.

Magnolia Avenue em St Augustine, nos Estados UnidosDo outro lado da Bridge of Lions

Vista da Bridge of Lions em St AugustineAchou que tinha acabado? Não! O centrinho histórico é uma das atrações de St. Augustine, mas do outro lado da ponte (em Anastasia Island) há também as praias, o St. Augustine Lighthouse e a Alligator Farm. Dá pra passar uma tarde toda ali: o fofíssimo farol St. Augustine fica aberto pra visitação até as 18h (são 219 degraus até o topo, mas vale o esforço!), a Alligator Farm permite que se conheça diferentes tipos de crocodilos da Flórida – e até fazer arvorismo sobre eles! – e o passeio pelas praias pode muito bem encerrar com um early dinner em um dos restaurantes gostosinhos da região, como o Salt Life.

Farol de St Augustine, nos Estados Unidos

Interior do Farol de St Augustine, nos Estados Unidos

Jacares na Alligator Farm em St Augustine

Dragao de Komodo na Alligator Farm de St AugustineTambém merece menção a própria ponte Bridge of Lions, na qual um trecho sobe pra passagem de barcos em um ângulo de quase 90 graus! Nunca tinha visto uma ponte basculante assim, e fiquei admirada com o ângulo e a rapidez com que enorme estrutura conseguia se adaptar para os barcos. Demais!

Onde ficar em St. Augustine

Outra coisa que adorei em St. Augustine foi o nosso hotel, um bed & breakfast boutique, com café da manhã e happy hour com quitutes deliciosos inclusos na diária. O Bayfront Marin House tinha um quintal lindo com vista pra baía e o staff mais atencioso do planeta! Ficar num hotel gostoso e cercado de gente alegre e gentil faz toda a diferença na viagem!

Bayfront Marin Hotel em St AugustineHá alguns hoteis de redes na cidade, como Hilton, mas eu acho que combina muito mais com essa viagem ficar em um B&B histórico e charmoso. Ainda mais se você viaja em casal… 😉

Conclusão: vale a pena visitar St. Augustine!

Tomando sorvete na St Geroge Street, em St AugustineBom, acho que nem precisa falar, mas pela breve experiência que tivemos em St. Augustine eu bato o martelo: vale a pena incluir a cidade em uma viagem pelo norte da Flórida! Especialmente se você gosta de história e de arquitetura, que na cidade é realmente especial. Ficamos dois dias lá, mas achei bem corrido – acho que três dias é o tempo ideal pra aproveitar tudo com calma. Depois disso, dirigimos 1h30 até Daytona Beach, um destino mais focado… Na beach! Mas isso é assunto pra outro post: saiba tudo sobre Daytona aqui. Espero que curta!

Ps. As fotos desse post são todas do Paulo del Valle. <3

Facebook Comments

Comments 4

  1. Rossana

    lindinha a cidade, do jeito que eu gosto:beleza, historia, vida que se vive.

    Responder
  2. […] Beach fica a uma horinha de St. Augustine, nosso primeiro destino na Flórida. De Daytona até Orlando, foi mais 1h de estrada. Mas isso eu conto no próximo post! […]

    Responder
  3. […] desse post, falei sobre a fofa cidade histórica de St. Augustine e sobre o destino praiano Daytona Beach, ambos bem próximo de […]

    Responder

Deixe um comentário