Categories Inspiração

5 formas de investir no futuro dos seus filhos

Posted on
5 formas de investir no futuro dos seus filhos

Se em outubro somos bombardeados com incentivos ao consumo para o Dia das Crianças, eu resolvi fazer diferente. Pra marcar o primeiro outubro com criança por aqui (viva!), decidi reunir 5 formas de investir no futuro dos nossos filhos. Quer presente melhor que esse?

1. Ensine desde cedo educação financeira

Não é à toa que temos poucos investidores no Brasil. Educação financeira ainda é um tema raro nas famílias e nas escolas – algo que, felizmente, tem melhorado nos últimos anos. Faça parte dessa mudança! Encare a educação financeira como um aprendizado essencial que seu filho deve levar pra vida adulta.

Uma forma de tornar o dinheiro algo menos abstrato (ou demonstrar que cartão de crédito também é um dinheiro finito) é incluir a criança em algumas decisões financeiras simples. Por exemplo: defina um orçamento para compras no mercado e peça ajuda pra decidir quais itens levar, deixando claro que não é possível extrapolar o limite definido.

Isso ajuda a criança a entender que as coisas têm um custo e é preciso fazer escolhas e renúncias a todo momento – desde um simples mercado, até um passeio ou um presente de aniversário.

2. Fale sobre dinheiro e dê bons exemplos

A cultura que transforma o dinheiro em um tabu vem desde a nossa criação. Tente falar de forma aberta sobre dinheiro, ensinar pra criança que é preciso trabalhar pra comprar o que é necessário e mostrar que você se preocupa em usar o dinheiro de forma inteligente.

Claro que isso não deve se tornar uma obsessão e você nem deve esperar que um bebê de 3 anos entenda perfeitamente o valor do dinheiro, mas é importante que a criança entenda que brinquedos e presentes não caem do céu. E que tá tudo bem – é muito positivo ver o dinheiro como um meio de obter o que é importante pra você.

Inclusive, frases como “deve ter feito algo errado pra ter tanto dinheiro” ou “é mesquinho porque guarda dinheiro” parecem inocentes, mas podem ter um impacto grande na forma como um indivíduo lida com dinheiro em sua vida adulta.

3. Ajude seu filho a investir parte da mesada

Se seu filho já está na idade de ganhar mesada (especialistas sugerem a partir de 6 anos, em média), o ideal é que ele aprenda desde cedo a guardar uma parte desse dinheiro pra realizar algum desejo mais pra frente.

E se, em vez de guardar no bom e velho cofrinho, seu filho já começar seu primeiro investimento de verdade? Na Magnetis Investimentos é possível abrir uma conta já no nome e CPF do seu filho e, juntos, traçar um objetivo com valor e prazo definidos.

Com base nessa meta, o app aloca o valor investido na carteira mais adequada e vocês poderão acompanhar os rendimentos de forma simples e clara. Quer forma melhor de plantar a sementinha de investidor na criança do que deixá-la ver seu dinheiro rendendo?

4. Comece uma previdência privada

E, já que entramos no assunto investimentos, é importante que você também faça sua parte pra investir no futuro dos seus filhos. Quem tem filhos pequenos tem o tempo a seu favor! Se você pretende deixar o dinheiro investido por pelo menos 10 anos, como reservá-lo pro ensino superior dos filhos, por exemplo, uma boa opção é fazer uma previdência privada.

Isso porque, após 10 anos, você irá pagar a menor alíquota de imposto de renda possível, de 10% sobre o rendimento. Em qualquer outro investimento que você faria, a alíquota mínima seria 15% – e no longo prazo isso pode fazer uma grande diferença.

Quer ver só? O gráfico abaixo compara dois fundos rendendo 100% do CDI durante trinta anos, com aporte inicial de R$10 mil e mensais de R$300. A menor alíquota de imposto da previdência (os 5% de diferença) economiza mais de R$18 mil!

[Meus agradecimentos ao Lucas Taxweiler, da Magnetis, por literalmente desenhar a diferença pra mim!]

5. Valorize experiências, não coisas

A perpetuação da cultura do consumo é algo que depende de nós. Não há nada de errado em comprar presentes e brinquedos, mas é essencial perceber (e ensinar!) que a companhia dos pais e de pessoas queridas tem muito mais valor que bens materiais.

Inclusive, proponho um exercício: tente se lembrar de memórias felizes que você tenha de aniversários na sua infância. Aposto que você se lembra melhor da festa, ou de uma viagem em família, ou do bolo da sua avó, do que propriamente de um brinquedo específico que ganhou.

Por aqui, já temos essa filosofia bem clara! Nossa filha nasceu no dia 21 de abril, feriado de Tiradentes, e já foi decidido em casa que o feriado do aniversário dela é sagrado – e o presente será sempre ela escolher o roteiro de passeio do dia. Tem coisa mais especial pra uma criança do que a atenção incondicional dos pais?

Ah, e já que falamos em experiências, que tal um dia sentar com seu filho e criar uma carteira de investimento na Magnetis juntos? As crianças têm um interesse natural por coisas que fazem parte do universo dos pais, e pode ser até um exercício divertido falar sobre sonhos e objetivos financeiros na ótica de uma criança. Eu sei que eu, desde bem nova, amava desenhar como seria minha casa dos sonhos no futuro. Imagina se tivesse dado o primeiro passo pra esse sonho quando ainda era pequena?

*

Espero que este artigo tenha te inspirado a pensar no futuro dos seus filhos e mostrado como é possível, de forma lúdica ou mais educativa, incluir esse assunto dentro de casa. É algo que eu gostaria muito de ter aprendido cedo e acho que teria feito uma diferença enorme na forma como lidei com dinheiro na minha juventude!

E convido vocês a conhecerem mais sobre a Magnetis, minha parceira neste conteúdo e empresa que faz a gestão dos meus investimentos pessoais. Neste link você consegue abrir sua conta e começar a investir com isenção de seis meses da taxa – que já é uma das menores no mercado, de 0,6% ao ano.

Se você preferir, pode conhecer mais sobre a Magnetis e o universo dos investimentos no evento gratuito Magnetis Update, que ocorrerá online no dia 21/10. Clique aqui para fazer sua inscrição.

Abraço e até a próxima!

* Este artigo foi patrocinado pela Magnetis

Facebook Comments

Author: Raíra Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista, roteirista, escritora, filósofa de boteco e sim, bem tagarela. Foi repórter do Guia Quatro Rodas e tem matérias publicadas nas revistas Viagem e Turismo, Host & Travel e Viaje Mais, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *