Categories Inspiração

Como adotar de vez o hábito da leitura

Posted on
Como adotar de vez o hábito da leitura

Recentemente retomei o hábito da leitura, quase 3 meses depois do nascimento da minha filha. Como me fez falta! Inspirada pela sensação boa que a leitura diária trouxe mais uma vez pra minha vida, decidi fazer um post compartilhando algumas dicas para quem quer retomar ou adotar de vez o hábito da leitura. Vamos lá?

Encontre seu horário mágico

Pra que se torne um hábito diário mesmo, é importante definir um horário – nem que seja 20 minutinhos por dia – para se dedicar ao livro. Antes de dormir é o clássico, mas muita gente acaba sentido sono muito rápido e absorvendo pouco da leitura. Meu caso aqui!

Pra mim, o que funciona melhor é ler de manhã cedo, tomando uma xícara de café gostosa, geralmente antes que outras pessoas da minha casa acordem. No silêncio e sem interrupções, a leitura flui bem e a sensação de bem-estar perdura por todo o dia!

Comece com livros curtos e leves

Uma coisa que faz muita gente empacar na leitura é começar por um livro grosso ou denso demais. Aí você demora pra terminar, se desanima, acha que ler não é sua praia e fica por isso mesmo.

Leituras leves são ótimas pra gente engatar no hábito e nos fazem concluir um livro mais rápido, o que dá gás pra começar outro!

Deixe o celular fora de alcance

Se você não consegue resistir a dar uma espiadinha no celular a cada notificação, deixe-o bem longe de você. Além de ser uma interrupção constante, muitas vezes aqueles 2 minutinhos pra responder a mensagem ou ver quem comentou na sua foto se transformam em meia hora sem você perceber.

Pra não correr o risco de cair no vórtex de tempo perdido das redes sociais, a minha recomendação mesmo é desabilitar as notificações de todas. Você vai ver como o dia se torna mais produtivo! Se isso não for uma opção, ao menos deixe o celular longe quando você precisa se concentrar.

Varie o gênero e estilo dos livros no seu hábito da leitura

Ler sobre desenvolvimento pessoal e negócios é importante, eu sei. Mas há vida (e muito aprendizado!) em outros gêneros literários! E digo mais: às vezes é lendo um romance ou livro de poesia que vai bater aquela inspiração que você precisava para o trabalho. Toda leitura é válida!

E é também variando os gêneros que você vai descobrir o que mais te fisga e faz com que o momento de leitura seja verdadeiramente prazeroso, e não uma obrigação que te faz contar as páginas pra terminar um livro. É só assim que a leitura se torna um hábito e vira parte de você.

Não tenha receio de abandonar um livro na metade

Meio polêmico, né? Mas a verdade é que muita gente, e até eu mesma, já ficou meses empacada na mesma leitura porque a coisa não engatava, não dava vontade de ler, dava sono, dava vontade de inventar qualquer desculpa pra fazer outra coisa. Quem nunca?

Nesses casos, o melhor a se fazer é largar mão do livro mesmo. Talvez você até retome mais pra frente, quando estiver com mais paciência ou interesse – a gente muda mesmo, o tempo todo. Mas se hoje não está rolando, é melhor partir pra outra. Ler por obrigação, só se você for vestibulando!

Bom, é isso! Espero que as dicas te inspirem a adotar ou retomar o hábito da leitura, que pode trazer tantos benefícios a curto e longo prazo: nos deixa mais inspirados, mas criativos, mais cultos e até com melhor domínio da língua portuguesa, seja qual for o gênero.

Se quiser uma dica de leitura, dê uma olhada no post sobre Essencialismo aqui do blog – um dos meus livros favoritos de desenvolvimento pessoal – ou acompanhe as sugestões que sempre dou lá no meu Instagram, o @raira.

Quer receber textos exclusivos e novidades por e-mail? Cadastre-se na minha newsletter! Eu prometo jamais compartilhar seu dados com terceiros. #tamojunto 

Facebook Comments

Author: Raíra Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista, roteirista, escritora, filósofa de boteco e sim, bem tagarela. Foi repórter do Guia Quatro Rodas e tem matérias publicadas nas revistas Viagem e Turismo, Host & Travel e Viaje Mais, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *