Categories Inspiração, Viver de Blog

Hábitos essenciais pra manter a saúde e a produtividade

Posted on
Hábitos essenciais pra manter a saúde e a produtividade

Nos últimos dias tenho falado mais do que nunca sobre saúde, especialmente no meu Instagram. Não é que eu esteja planejando uma mudança de nicho, me tornar a nova musa fitness (kkk), nada disso. Mas é que tenho percebido mais do que nunca o impacto de certos hábitos saudáveis na minha produtividade e disposição no trabalho.

Por isso, hoje, decidi compartilhar com vocês alguns hábitos que considero essenciais pra que se tenha boa saúde – o primeiro passo para proteger o patrimônio mais importante e confiável da empresa: você.

Dormir bem

Hábitos que aumentam a produtividade: dormir bemEssa moda do 5AM club, “trabalhe enquanto os outros dormem” e a noção de que dormir é perda de tempo pode ser muito tóxica. E, além de perigosa pra saúde, é muito contraproducente também.

Há inúmeros estudos que mostram os malefícios pra saúde da privação de sono, mas nem é preciso ir tão longe. Qualquer pessoa que mantenha esse hábito por alguns dias já percebe mudanças no humor, na disposição e na criatividade.

Sei que bato muito nessa tecla, mas é fato: sem imaginação e criatividade, não temos diferencial nenhum sobre um robô ou uma máquina capaz de fazer um trabalho mecânico com muito mais eficiência. Priorizar hábitos que promovem a criatividade é o melhor caminho pra inovação.

Existem pessoas que, sim, acordam naturalmente cedo e precisam de menos horas de sono. Mas elas são a exceção. E, estatisticamente, é mais provável que você esteja se cobrando demais quando espera dormir 5 horas todas as noites e ficar bem.

Ter momentos de ócio e silêncio

Esse é outro hábito subvalorizado que eu considero essencial pra manter a mente criativa e afiada. Por momentos de ócio não quero dizer ver Netflix ou enrolar nas redes sociais, de forma alguma. Quero dizer, literamente, fazer nada. Só pensar.

Parece até estranha essa ideia num mundo tão rápido e conectado como o que vivemos. Mas é justamente por isso que se torna necessário tirar alguns minutos, todos os dias, pra se afastar de todo esse ruído e refletir. Pode pensar no trabalho, mas também na vida, nos sonhos, nas coisas que você tem vontade de realizar.

Minhas melhores ideias surgiram assim, em momentos de reflexão “sem propósito”. Eu faço isso constantemente pela manhã, antes das minhas leituras, com a casa em silêncio e uma xícara de café na mão. Acho que a expressão “fazer vários nada” é a melhor forma de definir esse hábito, soa divertido e definitivamente é um bom caminho não só pra manter a inspiração, mas também a saúde mental. Se permita fazer vários nada!

Ter uma alimentação leve e saudável

A gente associa demais alimentação e dieta com forma física, mas a verdade é que os benefícios de bons hábitos alimentares vão muito, muito além do espelho. Até porque se alimentar bem e ter saúde pode não trazer a aparência que você deseja, já que bem sabemos que o biotipo de cada um fala mais alto.

Mas é inegável o impacto de uma boa alimentação na sua saúde e disposição. A curto prazo, uma boa alimentação te deixa com mais energia, sem sono e sem desconfortos como dor de estômago, gases ou inchaço. Você já tentou ser produtivo e feliz com gastrite? Não é bolinho, não!

A longo prazo, a boa alimentação previne doenças e garante que você esteja bem e ativo praticamente todos os dias do ano. Quem tem saúde de ferro não adoece a qualquer mudança de clima, ok?

Claro que, pra adotar hábitos saudáveis, o ideal é que você busque um nutricionista e monte um plano alimentar personalizado pra suas necessidades e gostos. Via de regra, o mais saudável é evitar alimentos industrializados, comer vegetais em todas as refeições e pegar leve nas quantidades. Só aí sua vida já pode dar um salto em qualidade!

Praticar exercícios regularmente

Repita comigo: treinar não é coisa de privilegiado com tempo livre de sobra. Não é. Na verdade, deixar pra se exercitar só quando sobra tempo é uma matemática bem burra, pois não considera os ganhos em produtividade e longevidade que o exercício regular promove.

Claro que não precisa ser academia, ou corrida, ou qualquer coisa pré-determinada. Você escolhe o que gosta, faz sentido pra você e pra sua rotina. Mas precisa ser frequente, pelos menos umas 3 vezes por semana. Eu garanto que o ânimo vai dar uma guinada instantânea com a adoção desse hábito!

Eu costumo fazer musculação 3 vezes por semana e alguma atividade mais rápida nos dias intercalados, como corrida em HIT (High Intensive Training – treinos curtos e intensos) ou pedalar ouvindo um podcast.

Uma coisa que ajudou demais a manter a constância foi contratar um personal trainer, pelo menos uma vez por semana. Com compromisso marcado com alguém, fica mais difícil deixar a academia de lado pra priorizar outra tarefa. Se você tiver condições financeiras pra isso, é um investimento que vale muito!

Compartilhar ideias, angústias e sonhos

Por fim, preciso destacar o que considero uma das ferramentas mais poderosas da saúde mental. Compartilhar. Somos seres sociais e não tenho dúvidas de que guardar sonhos e problemas para si pode criar um fardo difícil e desnecessário.

Se você tiver o privilégio de ter familiares, amigos ou um companheiro com quem possa conversar, não perca a chance de abrir essa porta. A gente se habitua tanto com a vida online que muitas vezes mergulha no celular ou na TV em momentos em que poderíamos fazer essa troca.

Compartilhe, proponha uma noite offline em casa, pergunte sobre os desafios e desejos do outro. Crie essa ponte. Se você não tiver alguém em casa com quem possa fazer isso, procure se aproximar de colegas, conhecidos ou grupos com os quais se identifique.

E é claro, se você puder, busque também um acompanhamento profissional com um psicólogo. Isso pode te ajudar a lidar melhor com seus problemas, a pensar em soluções ou simplesmente a se sentir melhor e mais leve.

Começar terapia é algo que está no topo dos meus planos pra esse semestre – e olha que eu sou uma pessoa muito bem resolvida, tanto no âmbito profissional quando no pessoal. Mas não tenho dúvidas de que esse acompanhamento pode me fazer muito bem.

Vamos colocar em prática?

Espero que essas dicas te inspirem a adotar hábitos saudáveis e cuidar melhor de você, da sua saúde física e mental.

Precisamos quebrar essa divisão que existe entre o trabalho e a saúde. Um não existe sem o outro – a saúde nos dá forças e inspiração pra trabalhar e o trabalho nos dá o senso de propósito que é fundamental pra uma vida com saúde e harmonia.

Vocês têm outras sugestões de hábitos que fazem diferença no trabalho?

Se você gostou desse texto, leia também:

5 dicas para acordar cedo e ter uma manhã produtiva

O que fazer quando você não quer fazer nada

6 hábitos para ser mais criativo

Dá pra criar conteúdo na internet sem equipamento profissional?

Quer receber textos exclusivos e novidades por e-mail? Cadastre-se na minha newsletter! Eu prometo jamais compartilhar seu dados com terceiros. #tamojunto

Facebook Comments

Author: Raíra Venturieri

Raíra Venturieri é jornalista, roteirista, escritora, filósofa de boteco e sim, bem tagarela. Foi repórter do Guia Quatro Rodas e tem matérias publicadas nas revistas Viagem e Turismo, Host & Travel e Viaje Mais, entre outras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *